S07-02

S07-02

Quais os valores-notícia dos cidadãos na informação regional?

Os media têm vindo a ampliar os espaços para os quais o público é convidado a dar o seu contributo através de comentários, envio de fotografias, vídeos ou textos. Além disso, têm apostado na utilização das redes sociais como o Twitter e o Facebook, com o objetivo de aumentar a audiência, por um lado, e fortalecer os vínculos com esta, por outro.

Esta transformação das audiências em comunidades é particularmente relevante no âmbito da informação regional e de proximidade. De facto, o jornalismo de proximidade sempre teve na participação do público a sua força motriz. Por isso, o aproveitamento pleno da internet e das redes sociais é fundamental para a revitalização da informação local, cujo valor é tantas vezes questionado nesta era da globalização informativa.

É importante perceber o papel que os cidadãos desempenham no processo jornalístico do qual resulta informação local numa plataforma global. Em concreto, nesta investigação, a questão que se coloca é esta: quais são os valores-notícia dos cidadãos na informação de proximidade? Para responder a esta pergunta, irá realizar-se uma análise centrada no estudo de duas vertentes: (1) os principais conteúdos noticiosos em três meios de comunicação social locais e/ou regionais; (2) os comentários, gostos e partilhas nas páginas de Twitter e Facebook desses meios. Esta análise decorrerá durante o mês de fevereiro de 2018 e será complementada com a realização de um inquérito junto da população da região selecionada, bem como com entrevistas a jornalistas desses meios de comunicação social.

No final, espera-se conseguir aferir se os valores-notícia dos cidadãos coincidem com os dos jornalistas, reforçando-os, ou se serão diferentes, ampliando o conceito do que é noticiável. Isto será fundamental para perceber qual o verdadeiro papel do cidadão em todo o processo jornalístico, no âmbito do jornalismo de proximidade.

 

 

Palavras-chave

Jornalismo de Proximidade, Audiências, Valores-Notícia, Comunidades, Participação Pública.

 

Firmantes

Nombre Adscripcion Procedencia
Inês Aroso Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e LabCom - Universidade da Beira Interior Portugal

ORGANIZA

COLABORA